Audiologia

Avaliação do Processamento Auditivo

Saiba que é possível ter uma boa audição, mas a compreensão afetada. Sabe quando se ouve, mas o processamento do que se ouviu não ocorre bem e atrapalha o entendimento? Para saber o nível da compreensão do que escutamos, o exame é feito em cabine acústica e; são avaliados os processos auditivos, vindos dos processos cerebrais.

 

Alguns sinais que podem sugerir algum problema do PAC (Processamento Auditivo Cerebral) são demonstrados desde com a irritabilidade ou desatenção, como consequências de falha na compreensão auditiva, que pode chegar a afetar até a cognição - relacionada à percepção e capacidade de adquirir conhecimento.

É preciso avaliar como o cérebro interpreta as informações que recebe.

O que pode causar problemas no Processamento Auditivo:

- Dificuldade na capacidade do cérebro memorizar sequência sonora;

- Redução do entendimento de uma conversa em ambientes ruidosos;

- Dificuldade de atenção sonora;

-️ Entre outros.

Outros indicadores de crianças a idosos sobre as habilidades do PAC podem ser problemas de memória, alterações da fala ou dificuldades no aprendizado de leitura e escrita. Dificuldades de entender uma ironia, conversas longas ou cruzadas, quando há muitas pessoas “falando ao mesmo tempo” também podem ser sinais de falhas no processamento auditivo.

É imprescindível a realização do exame de processamento auditivo desde em crianças (a partir de 6-7 anos) aos idosos. As habilidades podem ser aperfeiçoadas através da terapia em cabine e em campo.

O exame é feito em uma cabine acústica e identifica se alguma habilidade no Processamento Auditivo Central (PAC) está afetada. Antes deste exame, é recomendado estar com a avaliação de audiometria atualizada.

Aqui em Santana, zona norte de São Paulo, você pode realizar o exame e a terapia caso seja necessário.