Audiologia

Tampões

Os tampões são indicados como EPI (Equipamento de Proteção Individual) de muitos trabalhadores, para natação, banho, viagens, concentração em ambientes ruidosos, assim como muitas pessoas também os usam para dormir.

Seu uso é recomendado para diminuir ruídos que podem ser nocivos e, em alguns casos, o uso é obrigatório por lei.

O tampão de ouvido também é indicado para quem possui o sono leve e convive em um ambiente barulhento ou com alguém que ronca, por exemplo. Garantir a qualidade do sono é primordial para recompor bem as energias e ter saúde diária – o sono interrompido pode ser tão prejudicial, quanto não dormir. Quem nunca sentiu mau humor por ter dormido mal? Além de diminuir a atenção e afetar habilidades cognitivas.

Recomenda-se o uso dos tampões para preservar a saúde auditiva, evitar possíveis inflamações e não se deixar afetar por ruídos externos, que podem causar a surdez ao longo do tempo. A conservação auditiva previne problemas de lesões irreversíveis.

No caso da PAIR (Perda Auditiva Induzida por Ruído), passou a ser um problema muito comum à saúde de trabalhadores em áreas industriais. Recomenda-se a avaliação do ambiente para riscos à audição, as medidas de proteção e o ensinamento da importância de seu uso.

As melhores opções para tampões de ouvidos podem ser de cera (à prova d´água) ou silicone rígido ou macio, sendo mais confortável e reutilizável.

Também é possível providenciar um protetor auricular personalizado, que requer fazer um molde. Para fazê-lo, a fonoaudióloga realiza a pré-moldagem da orelha, para posteriormente ser encaminhado ao laboratório para a confecção.

O bom funcionamento e eficácia de proteção depende das características do material, assim como a forma de como utiliza o tampão de ouvido.

O fonoaudiólogo é o profissional que irá avaliar, adaptar e recomendar o produto ideal para cada caso.